Consultório Deco

Chef Fish congelar e descongelar

Tamanho da Letra: A-A+

“Queremos participar no concurso Chef Fish, mas pelo que vemos, este concurso aborda muitos temas relacionados com o mar e os seus recursos, poderemos ter algum exemplo?”

A DECO INFORMA…

O Concurso Chef Fish convida as escolas a produzir vídeos com receitas culinárias de pescado, revelando escolhas saudáveis e sustentáveis, no consumo de produtos do mar, e que demonstrem respeito pelo Oceano e dos seus recursos. Mas este projecto pretende alertar para muitos outros pontos, sendo um deles o manuseamento de alimentos, por exemplo na sua conservação.

Quase todos os alimentos podem ser congelados e conservados durante meses, desde que respeitem algumas regras de higiene e a cadeia de frio.

Poderemos deixar algumas dicas para ajudar a conservar os alimentos em casa. Comece por arrumar os alimentos frescos e congelados e só depois os restantes produtos. O desrespeito pela cadeia de frio acarreta riscos: um aumento da temperatura provoca e acelera o desenvolvimento de possíveis microrganismos existentes no produto, reduzindo o respectivo prazo de validade.

No caso do bacalhau, deverá demolhá-lo no frigorífico antes de congelar, durante 24 a 48 horas, consoante a espessura do peixe. Mude a água no mínimo 2 vezes por dia.

O branqueamento ajuda na conservação do pescado, mergulhe o pescado limpo, sem escamas e cortado durante 2 ou 3 minutos em água a ferver.

Arrefeça num recipiente com água fria e gelo, seque com um pano ou papel de cozinha e congele.

Certifique-se se o pescado não foi descongelado na peixaria. Se tal aconteceu, só deverá ser congelado depois de confeccionado.

O prazo de conservação do peixe e marisco é diferente. Por exemplo, peixe magro ou meio-gordo como: pescada, raia, truta, solha e dourada têm prazo de conservação de seis meses. O peixe-gordo como o atum, salmão, sardinhas ou carapau e o marisco têm prazo de conservação de três meses.

Na descongelação também é necessário que existam alguns cuidados.

O peixe deve ser descongelado na parte inferior do frigorífico. Nunca à temperatura ambiente. Para uma descongelação mais rápida, pode fazê-lo em água fria, desde que a embalagem esteja bem fechada. Não descongele o peixe à temperatura ambiente ou em lugares quentes. Se o fizer, poderá alterar o aspecto, o aroma, a textura, o sabor e o valor nutritivo do peixe.

Quando descongelado, o peixe deve ser consumido o mais rapidamente possível e nunca voltar a ser congelado.

Saiba mais informações nos sites: www.decojovem.pt e www.eeagrants.org.

Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor – DECO
Rua Dr. Coelho de Carvalho, n.º 1 C
8000-322 Faro
Tel. 289 863 103 – Fax 289 863 108

Etiquetas:

Comentar

Todos os direitos reservados.

Diário Online Algarve Express©2013

Director: António Guedes de Oliveira

Design & Desenvolvimento por: Webgami