Política

Recandidatura de Adelino Soares pelo PS em Vila do Bispo gera polémica na Assembleia Municipal

POR ALGARVE EXPRESS
Tamanho da Letra: A-A+

Neste domingo dia 22 de Janeiro, a Assembleia Municipal de Vila do Bispo reuniu extraordinariamente para a sessão solene de comemoração do Dia de S. Vicente. E a polémica estalou.

Mais uma vez, as intervenções centraram-se na história evocativa do dia de S. Vicente, bem como a situação política local.

Os líderes de bancada e o Presidente da Assembleia Municipal demonstraram o seu repúdio por aquilo que, na sua visão, tem sido a gestão autárquica de Adelino Soares.

Na sua intervenção, o Presidente da Câmara fez uma retrospectiva daquilo que considera ter alcançado no decorrer deste mandato e, apresentou uma projecção das obras que pretende fazer no futuro.

A grande polémica surgiria após a intervenção do Presidente da Assembleia Municipal que, após demonstrar que a retrospectiva elencada pelo Presidente de Câmara não passava de uma tentativa de iludir os presentes e os munícipes, comunicou à Assembleia e aos presentes que, face à decisão do Partido Socialista de indicar Adelino Soares como candidato oficial do PS às próximas eleições autárquicas, o próprio se tinha demitido da liderança da Comissão Política do PS que liderava desde 2011, bem como teria já feito o pedido de desfiliação partidária, passando à qualidade de independente no cargo que ocupa.

Informou ainda que os Presidentes de Junta de Budens e de Vila do Bispo e Raposeira, eleitos nas listas do PS, bem como a quase totalidade dos membros da Assembleia também eleitos pelo PS e ainda o Vereador Afonso Nascimento, todos tinham seguido a mesma opção, passando todos à qualidade de independentes. 

O Presidente da Assembleia teceu duras palavras sobre a gestão autárquica, nomeadamente sobre a falta de obra geradora de investimento e emprego no concelho, bem como o aumento inconcebível da subsídio-dependência instalada na autarquia.

Deixou ainda palavras duras ao PS nacional e apelou a uma união de movimentos independentes e outras forças partidárias, com vista a apresentação de um projecto credível para as próximas eleições autárquicas.

Assim, a Assembleia Municipal de Vila do Bispo passa a ter uma maioria liderada por um grupo municipal de independentes que, juntamente com PSD e Bloco de Esquerda poderá dificultar o executivo liderado por Adelino Soares.

Etiquetas: , , , , ,

Comentar

Todos os direitos reservados.

Diário Online Algarve Express©2013

Director: António Guedes de Oliveira

Design & Desenvolvimento por: Webgami