Cultura

“O Enigma de Sagres”

POR ALGARVE EXPRESS
Tamanho da Letra: A-A+
Pormenor da capa do livro

“O Enigma de Sagres” de Jorge M. Fazenda, vencedor da 2ª edição do prémio literário book.it/ ASA 2013, vai ser apresentado, no próximo dia 29 de Março, pelas 15h30, no Centro de Interpretação de Vila do Bispo.

Esta obra, cujo cenário principal é Sagres, parte da ideia da existência de um pacto secreto entre Hitler e Salazar durante o período da II Guerra Mundial, um drama silencioso, e uma intriga internacional que pode modificar o curso daquele conflito.

O Enigma de Sagres1A história começa em Cádis, no ano de 1938, onde um navio português lança amarras no porto ali existente. Está em missão altamente confidencial, dado que leva a bordo uma carga secreta. Leva também um oficial desconfiado, Eduardo, que contra ordens superiores desembarca numa cidade devastada pela guerra civil espanhola. Só consegue sair de lá vivo por milagre – e com a ajuda da bela Francisca.

Em 1940, Eduardo retira-se da marinha e instala-se em Sagres, onde refaz a sua vida como faroleiro. Aqui espera alcançar uma vida tranquila. Mas naquele ano a europa ainda estava em guerra e Portugal insistia em ser neutral. Contudo nada parecia importunar a paz de Eduardo. Até ao dia em que é confrontado com o espectro da 2ª Guerra Mundial, mesmo à frente dos seus olhos, ao largo do Forte de Beliche, vê a torre negra de um submarino. E, pintada no metal, inequívoca, a cruz suástica dos nazis. Na Marinha todos tentam abafar o caso. Mas Eduardo é tão teimoso como desconfiado. Suspeita que talvez Salazar esteja a fazer um jogo duplo, e a trair a aliança histórica com os ingleses. E decide investigar, mesmo correndo o risco de pôr em perigo a mulher que ama… sobretudo quando a PIDE começa a apertar o cerco ao antigo marinheiro.

Jorge M. Fazenda nasceu em Lisboa em 1948, foi comissário de bordo da TAP e todos os anos passa férias na Vila de Sagres. Durante anos conciliou os voos com a escrita, nomeadamente em jornais e revistas, dedicou-se também à política, sendo eleito, por duas vezes, presidente da junta de freguesia de Alcorochel – Torres Novas. Com interesses que vão da música à pintura, passando pelo teatro e pela fotografia, publicou em 2013 o seu primeiro romance.

Este evento insere-se no âmbito da iniciativa Feira do Livro promovida pela Câmara Municipal de Vila do Bispo que teve início no passado dia 24 de Março e prolonga-se até ao dia 6 de Abril.

Ainda no âmbito desta acção, o autor irá apresentar a sua obra aos alunos do 8º e 9º ano da Escola E.B. 2,3 de Vila do Bispo, no dia 28 de Março, pelas 10h20m.

Etiquetas: ,

Comentar

Todos os direitos reservados.

Diário Online Algarve Express©2013

Director: António Guedes de Oliveira

Design & Desenvolvimento por: Webgami