Entradas com Etiqueta ‘eleições’

Presidenciais 2021: Top 16 da abstenção no Algarve

Segunda-feira, 25 de Janeiro, 2021

O Algarve Express analisou as percentagens de abstenção dos 16 concelhos algarvios e elaborou a Lista do Top 16. Os três concelhos algarvios onde se verificou uma mais baixa abstenção foram: Monchique (49,16%), Vila do Bispo (51,59%) e Lagoa (51,61%). Os três concelhos algarvios com a maior abstenção nas Presidenciais 2021, situam-se no sotavento. Leia em baixo o Top 16 da abstenção nestas Presidenciais 2021 e veja em que lugar ficou o seu concelho.

1.º Monchique – 49,16%
2.º Vila do Bispo – 51,59%
3.º Lagoa – 51,61%
4.º Faro – 52,18%
5.º Aljezur – 52,38%
6.º Portimão – 54,96%
7.º Tavira – 57,45%
8.º Lagos – 57,89%
9.º Alcoutim – 58,28%
10.º Silves – 58,79%
11.º São Brás de Alportel – 59,49%
12.º Albufeira – 60,59%
13.º Loulé – 62,60%
14.º Olhão – 63,40%
15.º Castro Marim – 63,48%
16.º Vila Real de Santo António – 63,67%

Marcelo tem maioria absoluta em todos os concelhos algarvios

Segunda-feira, 25 de Janeiro, 2021

Tal como aconteceu no país, Marcelo Rebelo de Sousa foi o vencedor absoluto (mais…)

Polémica em torno das listas para a Direcção dos Bombeiros de Lagos

Quinta-feira, 21 de Novembro, 2019

Por norma, em Lagos e um pouco pelo país adiante, as instituições são campo fértil para a classe política se começar a digladiar e a apoderar da vida da sociedade civil. Basta ver como as colectividades e demais instituições acabam por funcionar e por se transformar numa espécie de montra onde se vão expor os que pretendem alcançar alguma visibilidade política. E acabam também por ser uma espécie de repositório dos que já se desgastaram mas, a todo o custo, se pretendem manter agarrados a alguma forma de poder. (mais…)

Eduardo Andrade com oposição na eleição para a Misericórdia de Lagos

Domingo, 20 de Novembro, 2016

A Misericórdia de Lagos é uma das maiores instituições da cidade e do concelho. Com dois lares na cidade, o José Filipe Fialho e o Rainha D. Leonor, e muitos mais pelo concelho adiante como o de Odeáxere, Bensafrim, Barão de São João e Espiche, emprega 350 pessoas e dá assistência a 900 utentes. Possui ainda centros de dia e dispõe de uma vasta rede de apoio ao domicílio. Para fazer face a todo este movimento assistencial, conta com um orçamento anual que atinge o montante de seis milhões de euros. E, embora requeira já uma gestão empresarial, não pode nunca perder o seu carácter vincadamente social. (mais…)

Todos os direitos reservados.

Diário Online Algarve Express©2013

Director: António Guedes de Oliveira

Design & Desenvolvimento por: Webgami