Ambiente

Semana da Floresta, da Água e da Meteorologia integra a iniciativa “Limpar Portugal 2015″ no concelho de Loulé

O mês de março é marcado por três importantes efemérides ambientais: o Dia Mundial da Floresta (21 de março), o Dia Mundial da Água (22 de março) e o Dia Mundial da Meteorologia (23 de março).
POR ALGARVE EXPRESS
Tamanho da Letra: A-A+

Neste âmbito, e com intuito de assinalar estes dias comemorativos, a Câmara Municipal de Loulé encontra-se a organizar, na semana de 16 a 21 de março, um vasto programa de iniciativas que têm como objetivo sensibilizar para a importância da preservação e correta gestão de recursos como a floresta e a água.

Simultaneamente, nos dias 21 e 22 de março assinala-se o 5o aniversário do movimento Limpar Portugal 2015 (AMO Portugal), iniciativa à qual a Câmara Municipal de Loulé se associa mais uma vez, através das atividades programadas.

As atividades comemorativas iniciaram-se esta segunda-feira, com uma atividade de sensibilização ambiental, realizada no CAL – Centro Ambiental de Loulé, no âmbito do projeto “Estação Meteorológica”, com os alunos de uma turma do 7o ano da Escola EBI Dr. Aníbal Cavaco Silva de Boliqueime. Através deste projeto pretende-se promover a compreensão do clima terrestre e da sua influência nos processos naturais e nas atividades humanas.

Hoje, dia 17 de março, alguns alunos da Escola Secundária de Loulé realizarão um percurso pedestre pela Paisagem Protegida Local da Rocha da Pena, orientados e acompanhados por um técnico da Divisão de Ambiente, Espaço Público e de Transportes (DAEPT), que lhes dará a conhecer os importantes recursos florísticos, faunísticos e geológicos desta área protegida de características ímpares.

Nessa manhã, terá ainda lugar uma das ações de sensibilização do projeto “Para além da Água – Vida na Ribeira”, na Ribeira da Menalva, localizada na Paisagem Protegida Local da Fonte Benémola, com os alunos do 4o ano da escola EBI Dr. Aníbal Cavaco Silva de Boliqueime. Este projeto tem com objetivo levar os alunos a descobrir um curso de água da sua região, através de atividades de exploração e observação das formas de vida que nele existem. Com a realização de diversas visitas de campo ao local e ao longo das várias sessões, os alunos vão caracterizar o curso de água, através de desenhos e escrita criativa, observarão as alterações ao longo das estações e tentarão observar e registar as diferentes espécies de flora e fauna ali existentes.

Na manhã do dia 18 é a vez dos alunos do 3o e 4o ano da escola EB1 Vale Silves participarem no atelier “Unidos pela Água”, no Centro Ambiental de Loulé, através do qual se pretende alertar para a importância da conservação da água, seja ela doce ou salgada, e ao longo do qual as crianças terão oportunidade de compreender as diferenças entre estes dois tipos de água através de experiências e realizar um jogo didático sobre a água.

Durante a manhã do dia 19 de março, irá realizar-se uma ação de plantação de espécies autóctones, cedidas pela Autarquia, na escola EB 2,3 Padre João Coelho Cabanita, com a participação dos alunos do Curso de Educação e Formação de Jardinagem e Espaços Verdes que, deste modo, contribuem e dão continuidade ao seu trabalho de embelezamento do seu espaço exterior.

Ainda na manhã deste dia terá lugar no Parque Municipal, em Loulé, uma ação de plantação de espécies cedidas pela Autarquia, realizada pelos pais e alunos da Creche Espaço Infantil, que deste modo pretendem também assinalar o Dia do Pai.

No dia 20 de março, os técnicos da Divisão de Ambiente, Espaço Público e de Transportes e da Divisão de Proteção Civil e Vigilância da Câmara Municipal de Loulé associam-se a técnicos de outras quatroentidades (GIPS, SEPNA, Sapadores Florestais da Serra do Caldeirão e Bombeiros) na dinamização do Peddy Paper “Trilho pela Floresta”. Realizada na Paisagem Protegida Local da Fonte Benémola, esta atividade contará com a participação de todos alunos das escolas EB1 de Alte, Benafim e Tôr que, ao longo de um percurso pré-definido, terão que realizar jogos e tarefas subordinados a questões ambientais, com destaque para a floresta e para a correta gestão de resíduos. Esta é ainda uma forma de dar a conhecer aos mais novos esta importante área protegida do Concelho de Loulé, sítio de beleza natural ímpar, onde predomina a riqueza da fauna e flora o que torna imperdível a sua exploração.

Na manhã do dia 21 de março, Dia Mundial da Floresta, terá lugar, no Mercado Municipal de Loulé e na Praça do Mar, em Quarteira, a já habitual distribuição de espécies arbóreas e arbustivas à população.

Nessa manhã, numa cerimónia simbólica, serão ainda entregues 22 talhões das Hortas Sociais de Loulé aos novos utilizadores deste espaço. As Hortas Sociais de Loulé passam assim a beneficiar 38 munícipes que deste modo, podem cultivar e usufruir de produtos agrícolas frescos, produzidos por si e pelo seu agregado familiar.

Para finalizar as atividades comemorativas, na tarde do dia 21 de março, será inaugurado o jardim da Fundação Manuel Viegas Guerreiro, em Querença. Também nesta aldeia terá lugar uma palestra subordinada à temática “O valor e significado das plantas silvestres”, proferida por Rosa Pinto, professor da Universidade do Algarve. Ambas as iniciativas contam com o apoio e colaboração da autarquia louletana.

Etiquetas: , , , ,

Comentar

Todos os direitos reservados.

Diário Online Algarve Express©2013

Director: António Guedes de Oliveira

Design & Desenvolvimento por: Webgami